segunda-feira, 20 de julho de 2009

O Nome do filho


Por que a gente escolhe este e não aquele nome pro filho? Cada um com seus motivos. Com suas histórias. E as pessoas vão nomeando umas às outras através dos tempos.

Na Psicanálise NOMEAR significa um monte de coisas. A gente nomeia sempre desejos . O nome seria um desejo feito palavra. É tudo que se espera, é tudo que se lutará por.

O meu chamei Davi porque é muito e absolutamente AMADO (Davi significa o amado). E a história do Davi original, o da Bíblia, foi-se emaranhando na dele. Logo eu tive, além do nome, a imagem pra representar meu desejo-de-filho. E não é que Davi é "a cara" do Davi de Michelangelo?

##

Lindíssimo este post do Fabricio Carpinejar sobre a filha e o nome da filha.
_Claudia Souza_

3 comentários:

Cibele disse...

Eu não escolhi o nome de nenhum dos meus dois filhos pelo significado, talvez tentando evitar projeções, talvez porque eu seja mesmo mais motivada pelas sonoridades que pela significação. Influenciou muito também as lembranças que cada nome me traz, porque o nome pode ser lindo, mas se lembra uma vizinha mala, não dá, né? Por último, pensei no apelido que cada em geral ganha. Gosto tanto de Ciça quanto de Maria Cecília. E o meu caçula é o Samuel.

E os apelidos? Tem gente que detesta, né?

Claudia Souza disse...

Sem dúvida a sonoridade é importante, porque é o significante "que conta no fim das contas"... Ele ultrapassa o significado, se desgarra, e muitas vezes até o inventa. Mas é sempre o velho e bom desejo colocado ali quando se nomeia.

Cibele Carvalho e Claudia Souza disse...

É verdade, Clau! Não tem jeito, é o desejo messssmo!

 
BlogBlogs.Com.Br