segunda-feira, 18 de maio de 2009

Um Gato para Gertrudes - teatro para mineirinhos


Trabalhei com teatro infantil por aaanos a fio. Apaixonada por ele, vivo a estudá-lo. Quase todo fim de semana, minha filha de seis anos me leva para assistir uma peça. Deveria ser o contrário, talvez.
É desse lugar privilegiado que posso dizer que o espetáculo Um Gato para Gertrudes da Cia Luna Lunera é raro. Imperdível. Se relaciona com uma criança-espectadora inteligente. E é divertido, ainda por cima. Eu, minha filha e minha afilhada adoramos!

Imprimindo o flyer do espetáculo, você ganha um descontão no ingresso. Mais informações no blog do grupo.
Temporada: de 2 a 31 de maio, Sábados e Domingos, às 16:30. Teatro da Biblioteca Pública Luiz de Bessa (Praça da Liberdade, 21 – Funcionários - Info: 31+3337-9693).Ingressos: R$24 (inteira) e R$ 12 (meia para até 21 anos, estudantes e maiores de 60 anos).

_Cibbele Carvalho_


6 comentários:

Ju Sampaio disse...

O melhor espetáculo que vi ano passado foi um espetáculo infantil, chamado "Arande Gróvore". Você viu? Um primor, um primor! Até hoje eu, Ed e Alice nos comunicamos em "gromelô". Tem um trailerzinho aqui: http://www.youtube.com/watch?v=1ATUJ4Hm6fA
E mais fotos aqui:
http://www.valeverde.com.br/parque-ecologico/galpao-cine-horto/arande-grovore.asp

cibbelecarvalho disse...

Ah, Ju, que tudo! Eu não vi, não...acompanhei a temporada pelos jornais, mas estava recém parida e fiquei babando de longe...Que delícia ver no trailer...Quem sabe não terei outra oportunidade...Obrigada pela contribuição!

Claudia Souza disse...

Teatro infantil bom! Corram pra ver.

(Porque a grande maioria a gente teria de tirar do congelador).

Claudia Souza disse...

Parece maravilhoso o espetáculo da Inês Peixoto (arande grovore)! Ela é maravilhosa também, sou fã de carteirinha. Dela e do Galpão inteiro.

cibele disse...

Clau, a gente não pode falar mal do teatro infantil como gênero, mas é que a situação dele no mercado cultural é bem delicada. É prática que ele seja a escola dos atores, que quase sempre começam por ali...é com ferqüência um teatro de amadores. Além da enorme falta de valor de qualquer discussão ou produto infantil. Até as faculdade de educação consideram a infância um assunto menor!

Mas eu rolei de rir ao ler o comentário do Millor Fernandes num livro da Fanny Abramovich: "Quando vejo o teatro que os adultos fazem para as crianças, logo penso porque elas não reagem e fazem um teatro para os adultos também..." hahahaha

Claudia Souza disse...

Cibbele, tem toda razão, entendo perfeitamente. Mas do ponto de vista do espectador, viva o Millor, é isso mesmo! ha ha ha ha

 
BlogBlogs.Com.Br